terça-feira, 9 de setembro de 2008

O CONFRONTO

De um lado, corruptos iluminados que jamais haviam admitido, sequer remotamente, a possibilidade de virem a ser presos, mas que, para todo o sempre, passaram a arrastar essa pesada corrente, visto que foram presos, amargaram o xilindró por um, dois, poucos dias, mas estiveram trancafiados, o principal deles chegando à inimaginável deferência de ser contemplado com dois habeas corpus em 48 horas. Nesse mesmo lado, advogados para lá de engenhosos, agentes da mídia coesamente engajados em "melar" o processo e próceres do judiciário se passando por paladinos dos direitos e garantias fundamentais, sob os aplausos e o coro geral de políticos de alto e baixo coturno. Ao fundo, o som lúgubre da máquina de fabricar factóides...
De outro lado, delegados e juízes "sub judice", pressão por tudo quanto é lado, leitores ávidos por informações, recorrendo a blogs e alternando pessimismo e esperança, dependendo da matéria que acabaram de ler...
Peraí, delegados, juízes e leitores, do lado de cá? Leitores limitam-se a ler, até onde sei...
Luta desigual é isso aí!
Mas, seja como for, torçamos pelo lado (aparentemente) mais fraco.

2 comentários:

Albert Nane disse...

q bom q fez um blog dodó. está muito bom. vou acompanhar. um abraço.

: disse...

Obrigado, Nane. Abração do Dodó