sexta-feira, 30 de abril de 2010

O MAIS BAIANO DOS BAIANOS


Há 96 anos, nascia Dorival Caymmi, o mais baiano dos baianos da MPB. Cantor, violonista, compositor, ator e pintor. Caymmi faleceu em 16.08.2008. 'Maracangalha' foi composta e divulgada em 1956. 'Eu vou pra Maracangalha, eu vou, (...) se Anália não quiser ir, eu vou só...".

Capa do bolachão:  LAN.

3 comentários:

Elizabeth disse...

Salve sempre eterno Caymmi

João de Deus Netto disse...

"Eu vou para o mar à "cangalha", eu vou..." Dizem que era assim que os nativos diziam ao ir à praia em lombo de burro, jegue, cavalo... Dito rápido, soava como cantava o Caymmi, e nós também, até hoje. E aí tem também a história do "for all" dos "ingrêz..."

Dodó Macedo disse...

Tá lá na wikipedia:
"Caymmi tinha um amigo, Zezinho, que além de sua esposa e família, possuía, com uma amante, quatro filhos, que moravam em outra parte de sua cidade. Dorival um dia perguntou qual desculpa ele usava para visitar a segunda família. Zezinho responde que mandava a si mesmo um telegrama, informando de negócios precisando de atenção na comunidade de Maracangalha (Bahia). Após voltar para sua família "oficial", Zezinho sempre trazia um saco de açúcar - trabalhava na usina da comunidade- como prova de onde havia ido. O músico, intrigado com a poesia nesse subterfúgio de usar o nome da comunidade, compôs Maracangalha de uma só vez."
Em tempo: Maracangalha é um distrito do município de São Sebastião do Passé, situado a cerca de 60 km de Salvador.
Historinha interessante, hein?
Abração.